Sei que há um prazer violento que se chama gozar

Sei que há um prazer violento que se chama gozar. Adivinhei-o noutros tempos, num momento de embriaguez…é quando a alma se conhece a si própria.

Paul Valéry

r2p7bj52