Praticamente tudo o que parece é, quer dizer, as mentiras, as ficções…

Praticamente tudo o que parece é, quer dizer, as mentiras, as ficções, os receios, mesmo injustificados, criam estados de espírito que são realidades políticas: sobre elas, com elas e contra elas se tem de governar.

António de Oliveira Salazar

95898nw8